Resenha: Medaka Box, extrapolando os limites de um mangá shonen

turminhaepicaMedaka Box começou a ser publicado em 2009 na revista Shonen Jump. O trabalho foi a estreia de NisiOisiN, o famoso autor da série Monogatari, na área dos mangás (descontando one-shots), desta vez usando o seu verdadeiro nome: Ishin Nishio. O traço ficou por conta de Akira Akatsuki, que até então só havia trabalhado com hentais. O resultado dessa combinação entre o roteiro de um escritor consagrado e a arte de um desenhista obscuro pode ser chamado desde “acertado” a “uma das leituras obrigatórias entre os mangás desta década“.

Continuar lendo

Resenha: A carismática comédia Love Hina

loveheader

Love Hina, comédia romântica publicada na revista Shonen Magazine semanal de 1998 a 2001, é uma das obras mais famosas de Ken Akamatsu e foi bastante popular no Brasil, a ponto de ter sido lida pela maioria dos fãs de mangá do país. Como logo surgem imitações de qualquer obra que consiga fama, o sucesso de Love Hina acabou gerando um boom de mangás de harém nos quais um protagonista perdedor se vê subitamente rodeado de mulheres que se apaixonam por ele sem motivo aparente. Mas seria Love Hina culpado verdadeiro pelas tantas comédias românticas medíocres que se veem por aí

Continuar lendo