Resenha: Jojo’s Bizarre Adventure – Jojolion

Header

Em 2011 tivemos o fim da aclamada parte Steel Ball Run, mas logo em seguida foi anunciado que na mesma revista Ultra Jump, teríamos mais uma continuação da saga Jojo’s Bizarre Adventure criada por Hirohiko Araki. Sendo a atual obra da saga, tendo apenas 4 volumes publicados e ainda tendo a mesma fama, temos a Parte 8Jojolion!

O rapaz sem nome

01

A cidade de Morioh é apenas um pequeno e pacato lugar do interior. Porém, recentemente ela fora afetada por um terremoto, o que ocasionou posteriormente a vinda de um tsunami. A cidade e os habitantes não tiveram muitos prejuízos, mas isso causou um problema sério. Mas esse não é o único grande problema dali, algo de estranho e muito curioso apareceu em seguida. Várias elevações de terra surgiram, deixando a cidade “deformada” com várias montanhas estranhas de formatos curiosos. Ninguém consegue explicar ao certo o motivo.

A história começa mesmo quando Yasuho Hirose encontra uma pessoa em meio a uma dessas falhas geológicas. Ele usa apenas um chapéu, possui uma marca de mordida perto do pescoço e o pior, não sabe quem é e nem o que está fazendo ali. Ele é o nosso protagonista dessa oitava parte de Jojo.

02

Depois de se acomodar no hospital, ele consegue descobrir o seu nome com a ajuda de um vendedor local, que fizera recentemente uma venda para o próprio rapaz. Ele descobre que seu nome é Kira Yoshikage. Agora pare pra pensar bem, Kira Yoshikage é o nome do antagonista da Parte 4 – Diamond is Unbreakable, como assim? Pois é aí que está a dúvida que vai levar o mangá, a busca pelo verdadeiro Kira Yoshikage. A busca da memória dele e o porquê dele ser chamado por esse nome.

03

Kira possui um poder estranho, ele emite uma pequena bolha do seu corpo e quando ela toca em algo, é capaz de roubar alguma coisa dela. No qual, por exemplo, ele testa roubando a água do corpo de uma mulher ou até mesmo tirando a aderência do chão. Daí somos introduzidos ao stand do nosso protagonista, Soft & Wet (homenagem à uma música do cantor Prince). E por algumas circustâncias que acontecem depois, o jovem Kira Yoshikage acaba indo morar na casa da família Higashikata e tendo um novo nome, chamado agora de Josuke Higashikata.

Ele acaba aprendendo muitas coisas ali, encontrando outros usuários de stands e um segredo da linhagem da família Higashikata, que surpreendentemente acaba se relacionando com o próprio Kira Yoshikage. Bom, daí pra frente vemos mais e mais plot-twists na história. Na busca pelo verdadeiro Kira Yoshikage.

04

Acompanhar um mangá da saga Jojo mensalmente é outra história, se comparado a uma leitura de saga completa. Dá uma visão mais compreensível da saga, assim como uma espera maior e um melhor aproveitamento. Jojolion nos traz isso, pois mesmo com um começo lento, o mangaká Hirohiko Araki faz com seu belíssimo traço várias páginas incríveis e depois nos apresenta um ritmo cada vez mais misterioso. Sempre tocando no mesmo assunto que havia na parte 4, muitos anos atrás: “Quem é Kira Yoshikage?”

O mangá segue a mesma linha de tempo que Steel Ball Run, não nos apresentando um outro universo alternativo. Por isso, quem não leu Steel Ball Run ou até mesmo Diamond is Unbreakable poderá achar tudo muito confuso e não aproveitará bem (o que infelizmente fiz a um tempo atrás, sendo que eu ainda estava em Stardust Crusaders). O mangá se passa na mesma cidade da Parte 4, a mesma Morioh, porém com pequenas diferenças e sempre trazendo uma nostalgia para quem já leu essa parte anterior. Pouco disso ainda foi explorado, sendo que o mangá ainda conta apenas 4 volumes publicados.


06

Dos poucos stands que apareceram, Hirohiko Araki ainda mostra que consegue usar a mesma fórmula, mas criativa como sempre. A stand Soft & Wet mostra várias possibilidades interessantes de uso para um protagonista. A stand California King Bed (sim, daquela música da cantoria Rihanna) e Going Underground são muito bem usadas naquele velho exemplo de um duelo de stands. Coisa que só mesmo o Araki para conseguir manusear maravilhosamente e ele apenas ainda está nos apresentando em Jojolion.

07

O mangá pode parecer um pouco confuso no começo, normal, mas depois de passar o uso dessa nova fórmula, vemos todo aquele desenvolvimente ótimo e carismático das outras partes de Jojo. Josuke/Kira não é nenhum Gyro ou Joseph, mas consegue ser o mais intrigante e que arranca algumas risadas ao velho estilo.

Ainda em um desenvolvimento calmo, Jojolion ainda tem a mostrar muita coisa, sendo que ultimamente vem tendo algumas revelações explêndidas e garanto que futuramente possa ser uma das partes mais interessantes da saga.

Imagens em português feitas pelo grupo Jojo’s Bizarre Alliance

__________________________________________________________

Header

Esse foi o oitavo e último post do Especial Jojo, trazendo a cada semana, uma resenha feita pelos nossos redatores e convidados diferentes de outros blogs, em que deixam a sua opinião e recomendação de cada parte da incrível saga criada por Hirohiko Araki, que já completa mais de 25 anos de publicação. Obrigador por ler!

Caso queira conferir o post anteriorclique aqui para ler sobre JoJo’s Bizarre Adventure Part 7 – Steel Ball Run.

Anúncios

3 comentários em “Resenha: Jojo’s Bizarre Adventure – Jojolion

  1. Pingback: Resenha: Jojo’s Bizarre Adventure – Steel Ball Run | Shonen Mania

  2. Acompanhar mensalmente é ruim, isso sim lol. Ainda mais quando tem hiato. (Não é nenhum Togashi, mas incomoda bastante, por ser publicação mensal. Assim como Miura em Berserk) No ponto onde havia terminado de maratonar, desde quando conheci Jojo, SBR estava em um pouco menos da metade. E os lançamentos das traduções eram uma bagunça. Daí eu mesmo decidi esperar sair o último Vol completo (só em julho/2012) para ler tudo de uma vez.
    Acho que o post teria sido mais relevante e interessante, talvez até mesmo em conteúdo, se fosse deixado para o segundo semestre, ou maio/junho pelo menos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s