Recomendação: A culinária excitante de Shokugeki no Souma

Header

Uma das últimas estréias de 2012 e que começou a caminhar os dificéis passos do sucesso nesse ano de 2013. Temos aqui o mais novo mangá de culinária sendo publicado na antologia semanal Shonen Jump! Conheçam Shokugeki no Souma e tomem cuidado para não ficar com água na boca.

Tal pai, tal filho

01

Yukihira Souma é aquele típico protagonista shonen, na faixa de seus 15 anos, estudante e com um sonho de ser um chef de cozinha superior ao seu pai. Porém, Souma mesmo perdendo de seu pai pela 489ª vez (segundo seu pai, o número parece ser bem maior), não significa o fato de Souma ser fraco. Muito pelo contrário, pois sendo criado em um restaurante, ele é nessa idade um jovem e gênio cozinheiro. Após se graduar na escola, ele fielmente pretende derrotar seu pai e tomar conta do restaurante que está no comando dele. Isso poderia acontecer se não fosse por vários problemas.

02

O restaurante da família Yukihira fica em um lugar importante onde um prédio será construído, por isso a urbanista Minegasaki pretende comprar o terreno e expulsá-los dali o quanto antes, tentando fazer de tudo para que eles desistam de reagir as ofertas de compra e aceitem logo. Porém Souma não desiste fácil e vai tentar provar à ela que esse lugar é um bem precioso e não entregará facilmente. Souma propõe que caso ele prepare um prato que satisfaça o seu paladar, ela nunca mais voltaria ao restaurante.

04

O que vemos a seguir é uma ótima demonstração do personagem Souma, que trabalha perfeitamente e seriamente na sua culinária, mostrando que sabe o que está fazendo. E vemos uma peculiaridade da série: a sensação de prazer ao experimentar a comida. Se você já sentiu isso ao experimentar algo delicioso, o mangaká mostra isso em detalhes bem… exóticos. Um tanto quanto no sentido “orgasmático” da palavra.
Souma acaba vencendo e livrando a barra do restaurante do seu pai. Mas a noticia bombástica vem agora.

05

Seu pai chega de uma breve viagem e avisa a Souma que fechará o restaurante por uns 3 anos! O motivo disso é que ele trabalhará em um famoso restaurante de Nova York. Além de tudo isso, ele inscreveu Souma na Academia Tootsuki, uma das melhores escolas de culinária do Japão, onde apenas 10% dos alunos passam. Até esse tempo acabar, se Souma não for capaz de “sobreviver” lá, somente mostrará que ele não é capaz de ultrapassá-lo. Foi dada a largada ao começo da escadaria rumo à fama de Souma.
Na academia somos apresentados a muitos outros estudantes intrigantes, mas a mais importante “Paladar de Deus” Nakiri Erina, a garota que fará de tudo para reprovar todos os novos inscritos (principalmente o Souma). Temos também Isshiki Satoshi, um dos membros da Elite 10 da Academia Totsuki (junto com Erina) e que tambem é um personagem que poderá ser bastante interessante futuramente.

06

Juntando tudo isso, Shokugeki consegue usar todos esses elementos em um ritmo bem calmo e tampouco lento. Vemos várias informações relevantes sobre culinária e com várias ilustrações muito bem feitas pelo mangaká, ou seja, você poderá sentir um pouco de fome enquanto lê esse mangá.
Porém, se você é um leitor que se incomoda com um pouco de ecchi exagerado, não sentirá confortável lendo esse mangá. Como dito, as cenas de “excitação” ao provar um prato acaba tomando rumos exagerados nesse sentido. O que não reduz em nada futuramente o valor da obra.

07

O mangá é escrito por Tsukuda Yuuto, mesmo autor de Shonen Shikku, mangá que fracassou na Jump e teve apenas 2 volumes. Porém Tsukuda parece ter dado a volta por cima e agora está dando o máximo de si para criar essa obra interessante. Agora quem desenha detalhadamente o mangá é Saeki Shun, famoso por mangás hentais (já deu pra imaginar o porquê dessas cenas de excitação bem desenhadas, hein!). O mangá ainda tem a colaboração de Morisaki Yuki, uma famosa chef de cozinha e modelo japonesa. Tudo pra deixar o mangá com um toque técnico mais realista.

08

Shokugeki no Souma foi uma surpresa que pretende crescer mais ainda, tornando uma das primeiras revelações nesse ano de 2013. O futuro do mangá de culinária está na mão de Shokugeki no Souma agora. Vale a pena dar uma conferida.

Anúncios

4 comentários em “Recomendação: A culinária excitante de Shokugeki no Souma

  1. esse mangá achei super dahora achei melhor que hungry joker,mas são temas completamente diferente,o ruim e a demora para a scan traduzir os capitulos para portugues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s