Resenha: Kurogane e o caminho do herói

kuroganecover1

Capa do 1º Volume de Kurogane

Kurogane é uma mangá da autoria de Ikezawa Haruto e é publicado na Weekly Shonen Jump. O mangá já possui (até a publicação deste post) 2 volumes compilados (tankobon) e já vem agradando fãs no Japão. O mangá mesmo com poucos capítulos já traz uma pequena polêmica, será que o mangá será a nova aposta da Jump nesse périodo conturbado com tantos mangás famosos prestes a acabar naturalmente? Confiram a recomendação desse mangá imperdivél para qualquer leitor de shonen.

_

2Kurogane é um simples colegial tentando escolher seu rumo na escola. Ele possui um corpo muito fraco e desde pequeno procura ser bom em algum esporte, mas frequentemente ele falhava devido à sua pouca resistência. Nessa época, Kurogane admirava a fama de um garoto, daí começou o seu sonho de ser um “herói”, querer ser reconhecido por todos.
Os anos se passaram e ele não conseguiu esse feito, até quando sua amiga Shiratori resolve convidá-lo para participar do Clube de Kendo, que está passando por uma péssima fase já que tem pouquissímos membros. Kurogane ouve dela que existe um rumor sobre uma fantasma chamada Tojo Sayuri que está assustando algumas pessoas pela cidade.

1Enquanto voltava para casa, Kurogane encontra uma grande cerejeira, então aparece Tojo Sayuri, a tal fantasma. Ela tenta descobrir se ele era forte aplicando um golpe de Kendo, que surpreendentemente Kurogane desvia! Isso atrai a atenção de Sayuri, mas Kurogane foge rapidamente do local.
Sayuri vai atrás de Kurogane nos sonhos dele e explica que quer fazê-lo seu discipulo para aprender o “Estilo Sakura de Uma Espada”, já que todos os seus discípulos anteriores morreram em um incêndio e ele possui uma habilidade única, possui uma grande visão. Kurogane, depois de muito rejeitar, consegue ver que isso talvez faça dele um “herói” e possa ser reconhecido por todos, então ele resolve se juntar ao clube de Kendo.

Então esse é o começo de um dos mais recentes mangás da Jump. Parece meio vago não? Bom, quando li o primeiro cápitulo não coloquei muita fé no mangá, mas ao decorrer dos cápitulos, incrivelmente a história fica mais interessante e a motivação que o autor passa acaba impactando o leitor. Posso dizer que o mangá é promissor e que se bem cuidado pode ir longe, ele se desenvolve bem devagar (não é algo que seja ruim), sendo que um duelo de Kendo só é mostrado mais à frente no capítulo 12.

3

Também quero deixar bem claro, que notei em Kurogane algo que não via
em um mangá de esportes desde Eyeshield 21: motivação e estratégia.
4Cada personagem principal em Kurogane possui algo que o motiva a praticar Kendo ou o mesmo possui um passado difícil. Futuramente em um arco crucial para o decorrer da história, é mostrado mais profudamente sobre alguns personagens, o que me causou uma boa comoção e me motivou a continuar lendo o mangá.
Outro ponto a se analisar é a estratégia nos duelos de Kendo. As partidas não são somente “bater até o outro cansar”, por trás de cada partidas ocorre uma análise do oponente, seus movimentos e sua habilidade na espada. Isso vai se tornando mais inteligente e bem feito nos capítulos seguintes, assim como toda o mangá que vai crescendo ao decorrer dos capítulos.

Algo que me importunou nos primeiros capítulos de Kurogane foi o fanservice inútil que o autor inseriu: cenas sensuais. Bom, muitos mangás possuem tais cenas, algo que o autor coloca pra chamar mais atenção dos fãs. Kurogane não precisava disso, o mangá ia muito bem sem essas tais fanservices, mas como o autor é um mangaká novato talvez foi algo que eu deixei passar. Tomei a decisão certa, pois raramente se vê isso nos capítulos atuais, talvez com o amadurecimento da história, o mangaká decidiu não colocar mais essas cenas.

5

Outro ponto positivo em Kurogane: Cenas de ação muito bem desenhadas.

O mangá é publicado na Shonen Jump e como muitos sabem possui um estilo de classificação bem crítico. Esse decorrer na história à passos curtos que Kurogane fez foi certamente algo arriscado, porém conseguiu se sobressair muito bem pois a história foi crescendo ao decorrer dos capítulos e isso fez o mangá ficar muito mais interessante e possivélmente impressionando muitas pessoas. Não é a toa que Kurogane já recebeu 7 página coloridas (incluindo uma dupla página colorida) e conseguiu boas posições na ToC.

6

Fiz esse post pra incentivar vocês a começarem a ler Kurogane enquanto o mangá possui poucos cápitulos, pois acompanhar o mangá semanalmente faz com que haja um hype na história. Afinal, esperar e ter ansiedade, torna o mangá mais prazeroso de se ler.

Anúncios

2 comentários em “Resenha: Kurogane e o caminho do herói

  1. Pingback: Informações sobre o Vomic do mangá Kurogane | Shonen Mania

  2. Eu começei a ler ontem o mangá e gostei muito no começo eu nao botei muita esperança mais depois eu me surpreendi e continuei lendo e quando me dei conta já era 4 horas da manha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s